Santuário Tabor - Santa Maria, RS

 

 

 

 

SantuárioTabor

 

Santuario de Schoenstatt

 

Santuário Tabor 1949 com a presença doPe. José Kentenich

 
      O Santuário Tabor, em Santa Maria, é o primeiro Santuário da Mãe, Rainha e Vencedora Três Vezes Admirável de Schoenstatt no Brasil.
       Em 1947 o P. José Kentenich, Fundador da Obra Internacional de Schoenstatt, visita o Brasil pela primeira vez, chegando a Santa Maria em 18 de março.
Seu grande objetivo era expandir o reino da Mãe e Rainha de Schoenstatt pelo mundo. Incentivou a construção do Santuário, réplica do Santuário original em Schoenstatt, Alemanha.
Ele disse: "Aqui é Schoenstatt, pois Schoenstatt está, onde quer que esteja o Santuário com a imagem da Mãe Rainha e Vencedora Três Vezes Admirável de Schoenstatt."
      Foi o Padre José Kentenich quem escolheu o local para este Santuário e, no dia 7 de setembro de 1947, o abençoou e presidiu o ato do lançamento da pedra fundamental do novo Santuário.
Em 11 de abril de 1948 o Fundador veio especialmente da África para a solenidade de inauguração deste Santuário. Dom Antônio Reis, então bispo diocesano, oficiou a cerimônia e expressou sua alegria por este lugar de graças em sua Diocese.
       Em 20 de agosto de 1949, no Santuário Tabor, o P. Kentenich coroou a Mãe, Rainha e Vencedora Três Vezes Admirável como Rainha da Filialidade heróica. Ele aponta a filialidade heróica como um elemento essencial da espiritualidade cristã e como o grande meio para vencer todas as dificuldades da vida atual.
       Em 1950, partindo do Santuário Tabor, o Senhor João Pozzobon iniciou a Campanha da Mãe Peregrina de Schoenstatt. Todas as Peregrinas Auxiliares e as Peregrinas das Famílias do Brasil partem do Santuário Tabor, como sinal da união com o espírito que deu origem à campanha.
 
 

Web Schoenstatt